Papo Anime 17 – Tengen Toppa Gurren-Lagann

AHHH! DEPOIS DE TANTO TEMPO!

É, meus amigos, voltamos com mais uma edição foderosa do Papo Anime, desta fez falando de uma obra que não é pra menos, Gurren Lagann. O vídeo ficou muito longo e passa a ser o papo com maior tempo de duração (Antes era Madoka).

Escolhemos esta obra faz um tempo, mas foi difícil de arrumar um tempo pra assistir e gravar, foi um Papo angustiante pra ser produzido. Mesmo com essas dificuldades estamos aqui, tentando novamente trazer o compromisso de mais frequência, acompanhe o vídeo, pois explicamos um pouco sobre isso.

Vale ressaltar que as datas para as postagens dos papos é sempre perto do dia 1 ou 15.

QUERO SABER DO ANIME!

Tengen Toppa Gurren-Lagann (天元突破グレンラガン, Tengen Toppa Guren Ragan). Veja mais aqui

Estúdio: Gainax 

Número de episódios: 27

Criadores: Hiroyuki Imaishi (Diretor) e Kazuki Nakashima (Roteirista)

Sinopse: Conta a história de uma humanidade futurista, ou em uma dimensão alternativa, onde os poucos humanos existentes vivem no subterrâneo. Foi produzida pela GAINAX, a mesma que criou os influentes Furi Kuri, Evangelion e Diebuster.

Tegen Toppa Gurren Lagann provavelmente é o primeiro anime shonen a ter o status de cult por aí, na verdade a sua pregação é exatamente o contrário, pois Gurren explica que uma obra não precisa ter um véu de mensagens e referências estrondosas (não que o anime não apresente isso) para que ele seja uma obra épica e inesquivável.

Todas as luzes lá no céu são estrelas.

Muito bem, vamos concluir nosso papo rápido, assistam o vídeo e comentem a opinião de vocês, adoramos quando vocês partilham o saber de vocês.

A Leitura de comentários será anexada aqui conforme as edições anteriores forem feitas.

VEJA  A LISTA DE PAPOS AQUI

Nossa página no Facebook

Papo Anime – Psycho-Pass (Citado no vídeo)

AMV DROP IT (Citado no vídeo)

Escute em podcast:

 


Leitura de Comentários:

Feed da Leitura

  • Quando voce vai fazer papo de tengen toppa gurren laggan vs Kill La kill
    tengen toppa gurren laggan muito foda?

  • Maine Monteiro

    Gostaria de acrescentar algumas informações:
    como outras obras do estúdio, TTGL possui uma série de homengans à outros animes embutidas no enredo, principalmente os animes de mecha. Na primeira fase a série, os robozões “esquisitos”, as cenas de ação poluídas, as performaces exageradas de certos personagens (como Kamina) remetem às séries de robôs gigantes dos anos 70, os Super Bobots, tais como Mazinger Z e outros.
    Já a segunda fase, com um enredo um pouco mais sério, centrado na política, dramas pessoais dos personagens e trazendo robôs mais “realistas” – parecidos com os Gundams – fazem sua homenagem aos Real Bots, robôs anatômicos com movimentos mais reais.
    Nos filmes finais, o diretor se permite retornar ao estilo inicial só para homenagear grandes criadores do passado, especialmente Liji Matsumoto e suas máquinas absurdas. A escala assimértrica dos acontecimentos finais, também fazem referência aos animes de robôs da virada de 70/80, quem já se viu robôs que podem varrer o cosmo com uma explosão? Aff…

    Enfim, tem muita referência e é uma loucura para os cata piolhos e apreciadores dos animes, TTGL é o que há de melhor em anime!

  • Phoenix

    Olá, Pedro e Rodrigo, parabéns pelo papo, vocês fizeram algo longo mas explicaram muito bem a tématica de Gurren Laggan. Eu odeio ver algumas reviews aí fora dizendo que o anime é bom simplesmente por que tem nonsensen e critica o shonen/fan service fazendo o mesmo. No vídeo voces foram alem, comentaram a questão politica e até citaram maquiavel, meu, parabéns mesmo.

    • Johannes Constantius

      Gurren lagann é acima de tudo a vontade de poder, a vontade de realizar toda sua potencialidade e realização de sua vontade.

      Um anime que trata da superação das dificuldades, cada sofrimento lhe tornando mais resistente para se realizar.

  • alexandre mota marques

    Só eu que achei TTGL uma bosta?
    Plot totalmente viajado e os personagens com emoções totalmente forçadas, não tinha inspiração.
    Não entendo até hoje como todos falam tão bem desse anime, mais deve ser igual naruto, que todos falam bem mais também nao é grande coisa.(Embora pelo menos as primeiras sagas foram melhores que TTGL, por exemplo)

  • Phoenix

    Simplesmente ÉPICO! Primeiro anime que assisti por completo, conheci este anime andando pela sala de aula, quando me deparo com uma revista de uma amiga dizendo na capa que TTGL era um dos maiores sucessos daquela época no Japão. Assisti, me prendeu por completo, assistia os episódios um atrás do outro. Quando acabei recomendei para amigos que o acharam muito foda também. Simplesmente um dos animes mais épicos da década passada.

    Depois de assistir o anime, eu realmente fiquei chocado…
    foi, se não me engano, o primeiro anime que quando acabou, me senti realmente triste…não poderia mais ver aquele anime, que eu já poderia considerar o meu favorito…

  • Dandy

    TTGL é muito lindo bicho! O Kamina perfurando as estrelas! O Simon indo até o fim do universo para encontra a Nia! Não existe anime mais motivador e lindo do que TTGL! Aliás se eu fosse um anime, eu seria TTGL! Eu amo TTGL bicho! Anime muito lindo! <3

  • LookDarkness

    Ouço há muito tempo sobre Gurren Lagann e bem que queria assistir (até por nos últimos tempos estar me aproximando mais do gênero mecha), mas sempre fico com um pé atrás quando falam que o roteiro tem alguns exageros propositais. Tudo bem que Aquarion EVOL me ensinou a curtir alguns exageros propositais, mas ainda assim acho um tanto arriscado apostar nisso.
    Em todo caso, Gurren Lagann continua na minha lista, quem sabe um dia assista.

  • Bruna Medeiros

    Cara, depois do episódio que o episódio que marca o fim da primeira parte acontece, TTGL perdeu 80% do que era divertido. Pra começar, Simon é um porre, não é nem 1/50 do Kamina em todas as características. Matar o personagem que fazia muitos verem o anime, só pra colocar o Simon como protagonista foi um chute do saco do telespectador. Eu assisti até o ultimo episódio mas ao contrário de você foi com uma sad face. Aquele final foi ridículo, parece Shounen ruim que o protagonistas tiram poder de onde não tem. Embora o estúdio tenha criado essa obra prima, que dizem que teve um episódio de 20 mil quadros (Graças a fortuna investida) o roteiro da segunda parte perde bastante da originalidade da série. e mais uma vez, Simon é um porre.

    Outra coisa que fiquei meio decepcionado com TTGL, foi o primeiro filme.
    Ele é meio resumido demais pra quem “não é iniciado”, e não adiciona quase nada a mais pra quem já acompanhou a série.

    Por outro lado, o segundo filme é sensacional.
    Consegue ser mais épico que a série e vai um pouco mais longe no final.