Blogosfera Otaku #3

Este é o terceiro post que fazemos aqui no blog dentro da iniciativa da Blogosfera Otaku e, vamos lá!

Meditando no Enredo: Kiseijuu – O homem é o lobo do próprio homem 

O Animes Tebane tem uma série de artigos chamada “Meditando Enrendo” que tem uma proposta auto-explicativa no próprio título. Eles pegaram dessa vez o Parasyte, animação que saiu pela Madhouse e saiu como uma produção de altíssima qualidade. A ideia aqui é falar um pouco sobre questões da humanidade abordada na história e outras mensagens que o enredo mostra ao longo dos episódios.

Uma coisa bem interessante é que o título “O  Homem é o lobo do homem” me remete a mensagem principal de Jin-Roh, filme que constrói uma crítica a sociedade japonesa pós-guerra.

Lembrando que temos dois Papo Who sobre a obra, chega mais.

Re:Zero – Episódios 19 e 20 (Review) – Tudo conforme o previsto

Eu estava fazendo alguns vídeos sobre os episódios do Re:Zero, mas acabei deixando de lado devido o tempo, até tentei fazer em livestream mas só consegui fazer um episódio. Uma boa sugestão pra vocês continuarem tendo uma boa review semanal da obra é acompanhar ela pelo Anime21 que também faz review de diversos títulos da temporada. Deixei o link da review mais recente, mas a minha recomendação é para a série de reviews como um todo, o blog é super dedicado e conta com uma equipe responsável, recomendo mesmo!

Primeiras Impressões – Yakusoku no Neverland

O Vinicius Moura do One4All me enche o saco todo dia (!!!) falando de novidades da Jump e claro, ele me falou  deYakusoku no Neverland.

Mesmo assim só fui saber dos detalhes da obra agora, lendo o artigo do DollarsCast, o teor é bem diferente do que eu imaginava e tem um traço bonitão, deem uma olhada não só pra conhecer a obra mas para entender mais ás novidades da Jump.

Top 10 – Animes de meccha

Meccha nasceu como sub-gênero do sci-fi, já contei a história disso tudo aqui. A categoria dominou a industria da animação e é ícone nacional até os dias de hoje, nada melhor que conhecer dez títulos de extremo conceito sobre o gênero. Só recomendo ao Chudoku Animes fazer uma lista de cima pra baixo, pra poder cativar o leitor até o final do post (e relaxem, não tem só Gundam na lista).

Jogo de Re:Zero está em desenvolvimento

Saindo totalmente dessa linha de grandes artigos e reviews, vou deixar Re:Zero novamente na lista, mas com a notícia do game que etá sendo desenvolvido. Já que o OtakuBFX também posta notícias vou deixar essa.

xxxHOLiC Kochou NO Yume Illustration Art Works. Quando a CLAMP encontra a Art Nuveau.

Um dos meu blogs favoritos da corrente é o Dissidência Pop que aborda temas EXCEPCIONAIS sobre cultura pop japonesa. Nesse artigo em especifico, mostra um conceito do famoso traço da CLAMP usado em xxxHolic e outras obras. Apesar de saber da inspiração eu não imaginava a profundidade da coisa. Por favor, confiram esse artigo, pois não é só informação sobre um grupo de mangakás, mas é informação sobre cultura japonesa (real!).

Versão Brasileira: Berserk 11 – Panini

Berserk é algo excepcional e o Otaku Pós-moderno está acompanhando o lançamento pela Panini. No artigo deles tem um comentário rápido, mais profundo, do 11º volume da obra que está em chegando eu um grande clímax.

Um olhar sobre Sakamoto Desu-Ga?

O anime mais decolado do ano também tem coisa séria, por essa razão recomendo vocês olharem o texto da Otaku Vaidosa que faz uma rápida recomendação da série.

Mestres Mangakás: Fuuka Mizutani

Fuuka Mizutani é uma mangaka que é pouco conhecida, mas quem conhece sabe sobre suas obras mais próximas do calor humano (digamos assim). Ela tem um caráter de simplicidade incrível nas suas obras (que eu não sei se foram trazidas pra cá por alguma scan), recomendo darem uma olhada caso você goste de algo mais Josei/tranquilo. O Anime Cote fez uma pesquisa sobre ela, o que já é algo grandioso, afinal, sabemos como é a questão do anonimato dos autores japoneses. Lá no post eles explicaram de forma mais detalhada a forma que ela tem como mangaka/autora .

Um amigo meu faz parte do blog, então visitem esse com um carinho especial 😉

Os 50 anos de Waki Yamato como mangaká

Navebebop é outro blog que eu gosto muito da corrente, foi um dos poucos posts da corrente que eu fui em conhecer nada sobre quem estava sendo abordado e por isso, gostei. Já falei um pouco sobre todas ás idéias históricas e como elas se entrelaçam com o Sci-fi, mas, aqui o foco é outro, leiam o texto pra entenderem melhor.

Uma Breve Análise – Gatchaman Crowds: Cor Importa

Fechando a recomendação com Gatcha! Já havia recomendado um post do É só um desenho sobre o mesmo tema. Dessa vez o autor lembra a influencia da cor/arte em cima de uma reimaginação e como isso afeta a história, tão, bora ler.